O uso de uma metodologia ativa no ensino de estatística num curso tecnológico

Maria Luisa Cervi Uzun

Resumo


Refletir sobre Educação Estatística em um curso tecnológico de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) requer repensarmos as estratégias tradicionais de ensino, pois não é uma disciplina que está diretamente relacionada à lógica de análise e programação. Este estudo tem como objetivo, através do uso de um método ativo de ensino: aprendizagem baseada em projetos, em que os estudantes desenvolvem um produto durante a disciplina, promover habilidades de pesquisa, liderança, comunicação e autonomia. A Educação Estatística precisa dialogar com o tipo de profissional que queremos formar em um curso tecnológico: deve ser uma aplicação prática, decisiva e especializada. Desse modo, aos alunos foi proposto, para apresentação no final de um semestre, a apresentação de um Software de Estatística para ser aplicado nas empresas, inserido ou não em um ERP (Enterprise Resource Planning). Para desenvolver este artigo, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e a coleta dos dados se deu junto aos 45 alunos com a aplicação de um questionário na escala Likert. Os resultados obtidos evidenciaram diferenças significativas na compreensão dos conteúdos de estatística e de diversas disciplinas relacionadas à análise e programação, bem como observou-se o desenvolvimento de raciocínio lógico e o envolvimento dos alunos.


Palavras-chave


Educação estatística; ensino tecnológico; aprendizagem baseada em projetos; habilidades e competências; metodologias ativas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.V16.2019.256-266.1104

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex