Compreensão de estudantes do ensino médio sobre sedentarismo, nível de atividade física e exposição a comportamentos sedentários

Josuel Belo dos Santos, Hiraldo Serra, Ademir de Souza Pereira

Resumo


O objetivo desse estudo foi analisar a compreensão dos estudantes sobre o tema sedentarismo, averiguar seus níveis de atividade física e o tempo médio que os pesquisados ficam expostos a comportamentos sedentários. A população alvo foi composta por 120 escolares do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, de ambos os sexos de uma escola pública de Dourados/MS.  A pesquisa teve cunho quali-quantitativo, os dados foram construídos por meio de questionário adaptado do IPAQ e a análise dos dados foi realizada com o software Epi Info™ 7.1.4. Foram considerados insuficientemente ativos, os estudantes que não acumulavam pelo menos 300 minutos/semana de atividades físicas moderadas ou vigorosas. Se considerou excessivo o uso de TV, jogos e redes sociais com tempo superior a 2 horas. Os resultados mostraram que 50,83% dos pesquisados não tem conhecimento sobre o tema sedentarismo; 75,83% dos alunos são insuficientemente ativos e que 52,20% afirmaram fazer uso de redes sociais por mais de 3 horas diárias.

Palavras-chave


Educação física; ensino médio; inatividade física; comportamento sedentário.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.V16.2019.818-831.1118

Revista Thema

__________________________

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul).
Pelotas/RS - Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex