A multiplicação nos anos iniciais do Ensino Fundamental: da teoria para a prática

Malcus Cassiano Kuhn, Jesiane de Freitas Pereira

Resumo


O artigo contempla o ensino da multiplicação nos anos iniciais do Ensino Fundamental, com uma abordagem qualitativa, através de um estudo bibliográfico, embasado na Teoria de Aprendizagem Significativa, no Campo Conceitual Multiplicativo de Vergnaud e na BNCC. Traz reflexões sobre o contexto da Matemática que explora o princípio multiplicativo nos anos iniciais e sugere práticas pedagógicas para qualificar o trabalho em sala de aula. A área de Matemática na BNCC apresenta a multiplicação na unidade temática números, a partir do 2º ano, e é desenvolvida de forma gradativa, explorando-se as ideias de adição de parcelas iguais, proporcionalidade, disposição retangular e combinação. Acredita-se que a resolução e elaboração de problemas, atividades investigativas, o uso de materiais concretos, jogos e recursos tecnológicos, sejam fundamentais no processo de ensino da multiplicação, para promoção de uma aprendizagem significativa. O professor  deve planejar situações de aprendizagem que envolvam os estudantes de forma ativa na construção dos conceitos de multiplicação, considerando as orientações da BNCC e a realidade escolar. 


Palavras-chave


Multiplicação; campo conceitual; BNCC; ensino; aprendizagem significativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.V17.2020.464-482.1753

Revista Thema

__________________________

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul).
Pelotas/RS - Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex