A formação em ciências e as práticas didático-pedagógicas de professoras da educação infantil

Maria José Magalhães Rodrigues, Joséti Rodrigues Manzke, Vitor Hugo Manzke,

Resumo


Em resposta aos rápidos avanços da ciência e da tecnologia nas sociedades modernas, torna-se emergente a iniciação às Ciências nas faixas etárias mais baixas. É necessário apontar estratégias adequadas que conduzam os agentes educativos a práticas coerentes com as atuais orientações curriculares em Ciências. Para alcançar esta finalidade é iminente (re) pensar a formação oferecida aos educadores, de modo a que consigam, nas suas práticas didático-pedagógicas, abordar as Ciências de uma forma integrada e integradora. Este documento tem como finalidade apresentar a análise realizada em um grupo de 15 professoras da educação infantil da cidade de Pelotas acerca da sua formação inicial e continuada em Ciências e a forma como dizem trabalhar esta área nos seus contextos educativos. Consideramos este aspecto fundamental para melhor compreendermos as suas necessidades e as suas expectativas, para, posteriormente, podermos dar resposta às necessidades encontradas e oferecer uma formação continuada de qualidade com relevância para o seu desenvolvimento profissional.


Palavras-chave


Educação Infantil, Ensino de Ciências, Didática das Ciências

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.10.2013.95-114.178

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex