O IFSul como acontecimento em Sant’Ana do Livramento: uma análise discursiva sobre os processos de referencialidade a partir de textos dos seus estudantes

Cristina Zanella Rodrigues

Resumo


A região limítrofe entre Brasil e Uruguai, onde se situam as cidades de Sant’Ana do Livramento e Rivera, vinha há muito tempo sendo relegada no âmbito de investimentos em políticas públicas voltadas para o desenvolvimento social e educacional. A cidade brasileira, considerada a segunda maior em extensão de terras do Rio Grande do Sul e ladeada pelo latifúndio, apenas em meados de 2006, viu ser instalada uma universidade federal e, em 2010, um instituto federal de educação. Diante desse quadro, em tarefa realizada na disciplina de Comunicação e Expressão em Espanhol e Português (CEEP), foi proposto aos alunos escreverem um texto que falasse sobre o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) câmpus Santana do Livramento (SL), onde estudam. Com base teórica na Análise do Discurso, este trabalho tem como objetivo analisar, levando em consideração a referencialidade numa perspectiva discursiva, os possíveis efeitos de sentido constituídos a partir da forma como os sujeitos fazem referência ao IFSul, considerando sua instalação na cidade como acontecimento. O corpus se constitui de quatro textos de estudantes do 1º semestre do curso binacional subsequente Técnico em Informática para Internet, três de estudantes brasileiros e um de estudante uruguaio. Considerando o percurso histórico das políticas públicas em educação para essa zona fronteiriça, a análise do corpus possibilita identificar, nos movimentos de sentido, formas de referenciar que se mostram opacas e sujeitas ao deslize.

Palavras-chave


Discurso; Escola Binacional; Referência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.12.2015.14-25.216

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex