Representações da História e cultura Afro-Brasileira e Africana nos documentos escolares de uma escola de Ensino Fundamental do Paraná

Sandra Aparecida Batista, Daniela Casoni Moscato

Resumo


Diante da grande diversidade étnico-racial e dos conflitos e tensões em torno das representações da História e Cultura Afro-Brasileira e africana, o objeto de estudo desta pesquisa são as representações que se refletem nos documentos escolares, Projeto Político Pedagógico (PPP), Proposta Pedagógica Curricular (PPC) e Plano de Trabalho Docente (PTD) que sistematizam a organização didática pedagógica de uma escola do Ensino Fundamental do estado do Paraná. Partimos de algumas indagações que são discutidas ao longo do texto, a saber: o que são representações, conteúdos da disciplina de História isentos ou repletos de representações, e por fim a análise dos documentos escolares e dos respectivos conteúdos da disciplina de História referente às Séries Finais do Ensino Fundamental, considerando que os mesmos são permeados de representações. O estudo aponta que as representações denominadas de hegemônicas, advindas da classe dominante branca com um discurso preconceituoso e estereotipado foram sendo substituídas por representações anti-hegemônicas, que versam sobre o reconhecimento e valorização da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, tendo a Lei 10 639/03 um papel importante neste sentido. Por sua vez, alerta que não se trata de uma perspectiva homogeneizadora e uniformizadora, ou de transição curricular do protagonismo branco e europeu para o negro e africano, mas de uma visão plural, dinâmica e contextualizada da temática.

 


Palavras-chave


Representações; Cultura Afro-Brasileira e Africana; Documentos escolares

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.14.2017.62-77.433

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex