Componentes curriculares mediados na educação a distância do programa Profuncionário

Fernando Treptow Brod, Sheyla Costa Rodrigues, Luciana Milcarek

Resumo


O artigo problematiza o processo de mediação pedagógica realizado pelo tutor a distância do Programa PROFUNCIONÁRIO na Rede e-Tec Brasil do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul). Nesse modelo de ensino, o tutor a distância é contratado para atuar, pelo período de dois anos, em todos os componentes curriculares de um curso técnico. Se, por um lado, isso permite-lhe conhecer a realidade de seus alunos; por outro, exige-lhe um esforço pedagógico de apropriação e mediação dos conteúdos específicos nos diversos componentes curriculares que integram os currículos de cada curso. Como procedimento metodológico, analisou-se as recorrências encontradas nos discursos dos tutores a distância por meio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), de Lefèvre e Lefèvre. O estudo aponta que uma rede de conversação recursiva entre o professor formador, o tutor a distância e o tutor presencial possibilita a apropriação de conhecimentos técnicos e específicos necessários ao processo de mediação pedagógica com os estudantes. Essa convivência, no caminho da constituição de um coletivo inteligente, contribui para profissionalizar o processo de mediação pedagógica na educação a distância do programa PROFUNCIONÁRIO

Palavras-chave


Mediação Pedagógica; Educação a Distância; PROFUNCIONÁRIO

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.14.2017.110-121.480

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex