Como a busca “da” e “pela” interdisciplinaridade permeia as pesquisas na área de formação de professores em Ciências da Natureza?

Rafaele Rodrigues de Araújo, Gionara Tauchen, Valmir Heckler

Resumo


O artigo apresenta o estado do conhecimento sobre a perspectiva interdisciplinar na formação inicial de professores da área de Ciências da Natureza. A pesquisa abrange a Análise de Conteúdo de 19 artigos selecionados em 160 periódicos nacionais com classificação em A1 a B2 na área de Ensino do Qualis da CAPES. Por meio da análise, percebemos que a interdisciplinaridade se faz presente em duas perspectivas: a busca da e pela interdisciplinaridade. A busca da incide nos trabalhos que discutem a formação inicial nos currículos interdisciplinares propostos para os cursos de licenciatura em Ciências da Natureza. A procura pela expressa-se por meio  de ações como práticas, projetos ou programas realizados ao longo da trajetória formativa dos estudantes nas licenciaturas. Os resultados do estudo nos mostram uma convergência dessas perspectivas e a necessidade de fortalecimento da relação indissociável entre os sujeitos e os objetos de conhecimento.

Palavras-chave


Formação inicial de professores; Interdisciplinaridade; Estado do conhecimento; Ciências da Natureza.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.14.2017.132-150.485

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex