Grupos de estudos e pesquisas: espaços de formação e profissionalização docente

Dionara Teresinha Aragon Aseff, Sheyla Costa Rodrigues

Resumo


Este estudo propõe uma reflexão acerca dos grupos de estudos e pesquisas que acolhem professores da educação básica, professores universitários e acadêmicos dos cursos de licenciatura de uma universidade pública federal do extremo sul do Brasil. O objetivo da pesquisa foi investigar como o linguajar e o emocionar que permeiam esses grupos, proliferam potencialidades na formação de professores e os mantêm ativos, no conviver espontâneo. A pesquisa narrativa foi a escolha metodológica, por acolher a experiência contada pelos coordenadores dos grupos, e com isso deixar emergir explicações sobre o fenômeno. Dos narrados, capturamos duas temáticas que serão discutidas nesse artigo: “a legitimação do líder e do outro e as relações desse emocionar com o planejamento e as práticas realizadas pelo grupo” e “a experiência das práticas de leitura e escrita nos grupos de estudos e pesquisas através da linguagem”. As narrativas apontam que o que mantém ativo os grupos de estudos e pesquisas é a possibilidade do encontro com a experiência dos seus integrantes, pelo linguajar e emocionar que proliferam potencialidades na formação de professores e na transformação do sujeito.

Palavras-chave


formação de professores, conviver espontâneo, narrativas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.213-227.780

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex