Estratégias pedagógicas inovadoras compreendidas como metodologias ativas

Júlia Nilsson Stroher, Simone Beatriz Reckziegel Henckes, Diógenes Gewehr, Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen

Resumo


O presente artigo trata de uma revisão bibliográfica que busca identificar as principais estratégias pedagógicas inovadoras que têm sido relacionadas às metodologias ativas no ensino, bem como, as percepções dos docentes e discentes quanto ao uso destas estratégias em sala de aula. As bases de dados utilizadas para esta busca foram: Portal de Periódicos Capes e Google Acadêmico, referidos em periódicos nacionais e publicados no período de 2007 a 2016. Os resultados encontrados através dos referenciais bibliográficos demonstraram que os docentes conhecem e utilizam metodologias ativas durante os processos de ensino e aprendizado, destacando que os métodos ativos desenvolvem autonomia e criticidade dos alunos. Relatam, contudo, fragilidades como falta de preparo e de tempo. Quanto aos discentes, os trabalhos pesquisados destacam que estes afirmam que as metodologias ativas são efetivamente mais interessantes e mais pertinentes para o processo de aprendizagem.


Palavras-chave


Aprendizagem Ativa; Autonomia do Aluno; Métodos Ativos; Metodologias Inovadoras.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.734-747.891

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex