Qualidade da água de poços tubulares utilizada no abastecimento: escolas do campo na Região Central do Rio Grande do Sul

Ivan Renato Cardoso Krolow, Daniela da Rocha Vitória Krolow, Danilo Rheinheimer dos Santos, Carlos Alberto Casali, Rodrigo Pivoto Mulazzani, Renato Zanella

Resumo


O presente estudo visou realizar um diagnóstico da qualidade da água fornecida a comunidade escolar de 22 escolas rurais, localizadas em quatro municípios da Região Central do estado do Rio Grande do Sul. Foram considerados 1.716 registros laboratoriais que integram 13 parâmetros de qualidade da água. Entre eles: potencial hidrogeniônico, condutividade elétrica, cloreto, cobre, fluoreto, nitrato, zinco, dureza total, cor aparente, turbidez, sólidos dissolvidos totais, coliformes totais e coliformes termotolerantes - Escherichia coli. Verificou-se que alguns parâmetros de qualidade da água se encontraram com valores inadequados ao consumo humano, em diferentes poços, assim, necessitando de um conjunto de práticas de melhoria da qualidade da água.


Palavras-chave


água potável, escolas rurais, sistema de abastecimento de água

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.1425-1441.920

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref        

Logotipo do Latindex